Viagem mágica pelo deserto do Atacama

  • Uma viagem maravilhosa por algumas das regiões mais lindas do mundo, percorrendo o deserto de Tacama, no Chile, e Salar de Uyuni, na Bolívia

A ideia sobre a viagem surgiu numa noite chuvosa e fria em Curitiba. Meus primos tinham acabado de chegar de São Pedro de Atacama, no Chile y empolgadíssimos discursavam sobre una belleza de la región. Compreendi melhor a razão para tanto entusiasmo quando começaram a mostrar as photos no laptop. Inmediatamente, pensé: Tenho que ir conhecer esse lugar! Mais do que pensado, acredito que sacramentei o projeto ali naquele instante.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A viagem tinha todos meus ingredientes favoritos: aventura, exotismo, belezas naturais, ea promessa de me “maravilhar”. Este último sentimiento, promessa de me “maravilhar”, sempre fez parte de minha filosofia de vida e, embora tente praticar isso diarios, nada como uma viagem para adicionar mais “maravilhamentos” a tudo que já vi nessa vida e registrei com minhas lentes.

Minha cabeça estava feita: “Eu iria para o deserto de sal e areia!”

Com um pouco de planejamento, decidi os detalles para aproveitar meu tempo ao máximo De Miami, seria um voo de 9 horas até Santiago y depois dirección os 1600 km pela Costeanera até chegar a São Pedro de Atacama.

Quando cheguei no guichê da locadora, no aeroporto de Santiago, não tinham mais o carro que eu havia alugado (para falar a verdade, eu nem lembrava qual carro tinha escolhido). Oh homem me explicou desconsertado que agora só havia um

carro menor, más económico e $ 150 dólares más barato. Ele, envergonhado, me pedia mil desculpas e minha única pergunta foi: Esse outro carro tem 4 portas? Quando ele confirmou, dise no mais perfeito portunhol: Eu quiero!

O homem sorriu aliviado e eu fiquei feliz da vida. Indaguei sobre GPS y ele dise que seriam $ 15 dólares por día. “Sem chance”, exclamei. O coitado, ainda querendo me agradar pela falta do carro, me deu o GPS nas maãos and dise que iria incluí-lo gratuitamente porque no tinham o carro que reservei! Fiquei mais feliz da vida ainda!

Eu já sabia que o câmbio de dinheiro era muito mais favorável no centro de Santiago do que no aeroporto e agora com GPS tudo tinha ficado mais fácil! Estava chovendo muito, o trânsito um inferno, mas consegui trocar o dinheiro e agora era pé na estrada, rumo a São Pedro de Atacama!

Foi um pouco complicado até sair dos arredores de Santiago y entrar en Costeanera Norte. Depois ficou tranquilo, como estradas razoavelmente boas eo trânsito também. Estava definitivamente deixando los valles verdes do sul e entrando numa región extremamente árida, deserta e muito peculiar.

Depois de dirección uns 400 km, cheguei em La Serena, uma cidade no litoral onde dormiria a primeira noite. Na manhã seguinte, continuaria mais 400 km até Bahia Inglesa, que é uma vila no litoral, com areia branca e mar azul turquesa. Seria perfeito para passear e dormir mais uma noite. Durante esse trajeto, o Pacífico me acompanhava na esquerda, majestoso e imponente com seus penhascos de rocha negra. À minha direita, deserto e montanhas que, com suas cores inexplicavelmente lindas, contrastavam com um céu sempre azul. Não se vía uma viva alma. O ponteiro da gasolina começou a baixar, meu mapa indicava alguma cidadezinha, mas quando eu chegava, as cidades não passavam de pequeñas vilas fantasmas. Deu sufoco! Comecei a regular, e descer na banguela, mas quando a gente desce,

Lição aprendida

Já na reserva e rezando para tudo quanto era santo, finalmente avistei um posto lá na frente. Depois dessa, aprendi que controlar e calcular a gasolina seria primordial durante a viagem.

Teria ainda que parar mais uma noite, antes de deixar a costa do Pacifico para trás e entrar no Deserto de Atacama, onde, como uma das regiões mais áridas do world, raramente chove.

Dessa vez, parei em Antofagasta, uma das maiores cidades da região. Dali seriam mais uns 340 km até São Pedro de Atacama, onde finalmente cheguei a las 5:30 de la tarde del día siguiente. Só deu tempo de largar a mochila na pousada e sair para pegar o por do sol no Vale da Lua, onde rochas esculpidas pelos ventos e areia misturada com as partículas of sal formam paisagens surreais, de um colorido fantástico. O terreno de origem vulcânica, iluminado pela luz alaranjada do fim de tarde, faz tudo parecer a um vale lunar!

Obviamente escureceu, na pressa de não perder o por do sol, prestei pouca ou nenhuma atenção onde era minha pousada. Quando voltei do Vale da Lua, já estava escuro e as ruas de São Pedro estavam cheias de gente, com um movimento enorme de turistas, estudantes, bicicletas, etc. E eu sem a mínima ideia of onde estava hospedada. Sem brincadeira, rodei y rodei pelo menos 2 horas num labirinto de mãos únicas y estradinhas que no escuro pareciam todas iguais. E o GPS no funciona. Sabia o nome da rua, eu estava na rua, mas não conseguia chegar. Exausta da viagem e já de saco cheio de tanto perguntar e me perder, estava presiste a desistir quando olhei para cima e vi, pendurada numa árvore, bem escondida, a placa de minha pousada (Provavelmente, deveria ter passado pela frente dela umas dez vezes !).

Na manhã seguinte, saí com destino a Lagos Altiplanos, Parque Nacional dos Flamingos e Salar de Atacama. Dirigi o dia inteiro pelo deserto que me surpreendia com sua beleza a cada instante. Realmente, un caprichou natureza con paisagens muito diferentes de tudo o que já vi. Quando cheguei às lagoas de Miscanti e Minique, ventava muito, o frio era intenso, mas o visual das lagoas, com seu azul intenso e vulcões ao fundo, serio para sempre uma das paisagens mais lindas que já vi!

Planejei estar no fim da tarde en la Reserva Nacional dos Flamingos, donde se encuentra el Salar de Atacama, que es el segundo mayor salario del mundo con 3 mil km quadrados. Enormes vulcões dominam a paisagem e várias espécies de flamingos deixam o cenário ainda mais exuberante. O por do sol foi incrivelmente lindo!

Você pode planejar sua viagem, comOitravels: seguro, aéreo, hotel, carro e outras atrações. Ligue para Oitravels, pelo WhatsApp Oficial 5193691948 ou oitravels@oitravels.org

Obtuve asistencia para obtener información facilitada por AcheiUSA. Texto e fotos de Ronira Fruhstuck. Edição, Área Jornalística OIPOL.

cropped-oitravels-2-1.jpg
Você pode planejar sua viagem, comOitravels: seguro, aéreo, hotel, carro e outras atrações. Ligue para Oitravels, pelo WhatsApp Oficial 5193691948 ou oitravels@oitravels.org

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: