Porto seguro – 10 atrações indispensáveis para quem visita

Destino da garotada que se forma na escola. Porto Seguro se revela uma ótima opção – e barata – para relaxar. Isto porque o lema é: depoooois! (no mais belo e inspirador sotaque baiano). Isso mesmo, deixe tudo para depois e descanse. Veja o que fazer em Porto Seguro.

Não é difícil achar o que fazer em Porto Seguro. Da tranquilidade das praias, a história do descobrimento até as festas fervorosas, a cidade se revela para todas as tribos.

A primeira cidade do Brasil tem paisagens incríveis repletas de história do descobrimento. São cerca de 85 quilômetros de praias – da vila de pescadores Caraíva até a praia de Mutá. A natureza verde, azul das praias de Porto Seguro e marrom dos mangues ajudam no processo detox do estresse. Principalmente se você conseguir ir fora de temporada.

Descubra o que fazer em Porto Seguro Bahia

1 – Centro Histórico de Porto Seguro

O Centro Histórico de Porto Seguro fica no alto de uma colina, de frente para o mar.

Patrimônio histórico a céu aberto com um belo gramado rodeando as coloridas casas coloniais. E a vista, ah, a vista! É surreal! Se forçar a imaginação, verá as caravelas chegando.

A ausência de uma sinalização adequada impede a imersão sobre a importância deste lugar para a história brasileira. Por conta disso, contrate um guia e se deixe levar pelos acontecimentos do descobrimento do Brasil.

O conjunto arquitetônico tem o Marco do Descobrimento (1506), considerado um dos mais antigos do país, trazido pelos portugueses. A Igreja de Nossa Senhora da Pena (1535), padroeira da cidade e mais duas igrejas. E a Casa de Câmara e Cadeia (1756) onde funciona o Museu de Porto Seguro (R$ 10).

No Museu, exposições de artefatos indígenas e peças dos navegantes portugueses relembram nossa história. Ainda há exposições temporárias de artistas locais. Aberto diariamente das 9h às 15h.

No fim da cidade histórica, com aproximadamente 12 metros de altura, está o Farol de Porto Seguro. Mais um mirante perfeito para admirar a infinidade do mar. Nas diversas casas coloridas ficam as lojinhas com lembrancinhas locais.

2 – Passarela do Álcool (ou Passarela do Descobrimento)

A passarela mais famosa de Porto Seguro ganha significância de noite. Apesar de bacana para passear durante o dia, por estar próxima do mar, fica mais pacata. As lojas, dependendo da época, só abrem após o meio dia.

A partir das 18h tudo começa a mudar. A feirinha de artesanato toma conta da passarela, mesclando com as barraquinhas de drinks e bebidas alcoólicas – razão do nome da passarela.

O local é iluminado também pelos bares e restaurantes que dominam a passarela com suas mesinhas e música. Das opções caseiras até as cozinhas mais elaboradas. A gastronomia de Porto Seguro é uma mistura de portugueses, indígenas e baianos. De uma forma, ou outra, vai te agradar.

3 – Memorial da Epopeia do Descobrimento

O desbravamento pelo Oceano Atlântico que chegou em águas brasileiras é homenageado no Memorial da Epopeia. O percurso, de cerca de 25 minutos, é feito pelo jardim botânico, com guias contando histórias e curiosidades. Ainda há esculturas, mosaicos, desenhos em azulejos e uma oca indígena.

você vai se surpreender com a grandiosidade da caravela de Pedro Álvares Cabral. São 35 metros de comprimento, 7 metros de altura, sendo que o mastro principal chega em 27 metros. Suba, desça, fique perto dos canhões, observe ao longe e se imagine um navegador português.

4 – Observação de Baleias

Anualmente, nos meses de Julho a Outubro, abre a temporada de observação de baleias em Porto Seguro. As baleias Jubarte são consideradas um dos maiores mamíferos do mundo. Podem pesar de 35 a 40 toneladas distribuídos por 16 metros de comprimento. Nesta época, elas migram das águas geladas do Atlântico para o litoral quentinho baiano, para se reproduzirem.

Saindo do píer de Porto Seguro, o passeio é uma verdadeira imersão. No período da navegação, que dura cerca de 1h30, uma bióloga palestra sobre as baleias e os cuidados para o passeio.

A duração total é de quatro horas, sendo uma hora só de observação. Pode até dar sorte de eles levarem o hidrofone, um aparelho para ouvir o canto das baleias. Um espetáculo da natureza inesquecível.

5 – Parque Marinho de Recife de Fora

Criado em 1997, a reserva abriga todas as espécies de corais do Brasil, inclusive alguns em extinção. Além de peixes diversos, raias e ouriços (aqueles bichinhos pretos com pontinhas espinhentas).

Curiosidade, os ouriços são a prova de que está tudo bem com os recifes. Às vezes, as tartarugas também aparecem. É o terceiro maior centro de biodiversidade marinha do Brasil.

O percurso de escuna leva cerca de 50 minutos para chegar e só saem na maré baixa. Chacoalha um pouco ao passar pelo encontro do rio com o mar. Tudo é muito natural e imprevisível.

Aproveite para fazer um snorkel, é incrível.

Por conta da preservação, a área de visitação é delimitada. Não dê comida aos peixes, respeite às regras e evite escorregões e machucados usando sapatos de água ou crocs.

6 – Reserva da Jaqueira

A 10 quilômetros de Porto Seguro, a reserva indígena de índios pataxós foi fundada por três irmãs. São mais de 30 famílias vivendo na aldeia, com seus costumes e histórias prontos para compartilhar com os visitantes. Até o idioma patxohã você ouvirá.

O passeio é peculiar e só vale para quem gosta de descobrir novos mundos. Organizado pela própria comunidade, tem explicações guiadas pelos próprios índios. Vá confortável e disposto para andar pela mata.

Quem sabe você pinta o rosto e degusta um peixe na folha de patioba. Tem até quem opta pela vivência de pernoitar na reserva.

7 – Parque Nacional do Pau Brasil

Criado em 1999, o Parque Nacional do Pau Brasil, está cerca de uma hora e meia de Arraial D´ajuda ou de Trancoso. Nesta área de Mata Atlântica protegida são seis trilhas, três mirantes, riacho e ainda a nascente do Rio da Barra. O local é perfeito para amantes da natureza e de trilhas.

Algumas trilhas são adaptadas, com extensões leves e curtas. Dá para conhecer árvores milenares, algumas ultrapassam os 40 metros de altura. No Mirante Pau-Brasil, pare tudo, respire fundo e admire enquanto sente o ar gelado e perfumado da Mata Atlântica entrando em você. Durante os percursos, podem surgir animais.

É possível andar de bicicleta pelo parque, mas entre em contato com uma agência. Isto porque o parque não disponibiliza e não permite entrada de veículos particulares. Eles indicam a agência Bahia Active, que também possui roteiros para caminhadas.

O Centro de Visitantes, apesar de distante dos atrativos, possui exposição sobre o parque, a Mata Atlântica e tem outro belo mirante.

Acesso pela BR-367 sentido Porto Seguro – Santa Cruz Cabrália. Aberto de segunda a sexta-feira das 8h30 as 16h, entrada gratuita.

8 – Praia de Mundaí e Praia Taperupuan

Seguindo para a orla Norte, antes de Santa Cruz Cabrália, ficam a praia de Mundaí, com sua tranquilidade e águas cristalinas. E, logo em seguida, ainda com areia fofa e água morna, está a empolgante, agitada e mais movimentada Praia Taperapuan.

A 10 quilômetros da Passarela do Álcool, indo pela Avenida Beira, estão as barracas de praia mais famosas de Porto Seguro. Se você quer dançar à beira mar, Taperapuan é o seu lugar.

As barracas estão repletas de boa gastronomia, drinques e bebidas somado a muita diversão. Em estruturas com direito a palcos e coreógrafos. As entradas são gratuitas, cobrado apenas o que consumir. Lembrando que em alta temporada a animação é mais intensa.

Em estilo mais vila de pescadores e uma rusticidade carismática encontramos a barraca Barramares. Oferece gastronomia típica, com música e diversão um pouco mais tranquila e um luau na areia, à beira mar, bem charmoso.

9 – Praia de Itacimirim e Praia de Ponta Grande

Em duas extremidades de Porto Seguro, sentido norte, ambas são tranquilas com piscinas naturais para relaxar. A Praia de Itacimirim é a primeira saindo de Porto Seguro. As águas mornas da Ponta Grande fecham o passeio pela orla com chave de ouro.

10 – Santa Cruz Cabrália

Santa Cruz Cabrália é considerada o berço da civilização brasileira, por ser o primeiro lugar em que os portugueses desembarcaram. Na praia Coroa Vermelha, quase à beira mar, está a cruz em homenagem à primeira missa do Brasil.

As praias nesta região são famosas pelas águas tranquilas, repletas de piscinas naturais na maré baixa. A praia do Mutá, bem na divisa com Porto Seguro é a praia mais tranquila da cidade A água morna em várias tonalidades de azul atrai principalmente famílias com crianças pequenas.

É procedente assinalar que a informação foi facilitada por Dicas de Viagem. Edição, Área Jornalística Oitravels.

WhatsApp Image 2020-04-17 at 12.52.38
Oitravels te leva!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: