Holanda exclusiva

Destinos holandeses que valem a viagem

A Holanda pode ser um país pequeno, mas guarda cidades fofas que vão muito além da badalada Amsterdam

Com tantas cidades e regiões para conhecer na Europa, a tendência do viajante que chega em Amsterdam direto do Brasil é passar alguns dias na metrópole holandesa e depois seguir para outros países. Uma pena, porque a Holanda é tão linda e tão interessante que merece ser visitada com mais tranquilidade, talvez até como um destino exclusivo para suas férias.

Alguns destinos que valem a viagem:

Rotterdam

Ela é famosa por ter um dos maiores portos do mundo e o maior da Europa, mas suas atrações vão muito além disso.

Depois de ter sido duramente destruída na Segunda Guerra, Rotterdam fez o contrário de muitas cidades e preferiu não reconstruir seus prédios antigos, mas olhar para o futuro e repensar o conceito de urbanização, chamando arquitetos com ideias modernas que seguissem um padrão de respeito pela qualidade de vida da população.

O resultado que vemos hoje é uma cidade cativante, cheia de estilos, criativa e incrivelmente inspiradora, com reflexos disso em tudo que ela faz – principalmente na gastronomia, que está entre as mais respeitadas do continente.

Haia

A capital administrativa da Holanda merece ser visitada pelos seus ótimos museus, por suas lojas de design, pelos seus cafés, pelo clima tranquilo (longe da muvuca de Amsterdam), por sua arquitetura e, principalmente, por sua importância para o país e para o mundo.

Isso porque é lá que ficam o parlamento e a sede do governo holandês, a residência oficial da monarquia e o Palácio da Paz, onde funciona a Corte Internacional de Justiça, braço judicial da ONU, responsável pelos grandes julgamentos de interesse de toda a humanidade.

Mas se essas atrações que envolvem os poderosos não chamar muito sua atenção, vá pelos bares de Haia mesmo. A cidade é famosa por eles (aproveite a nova onda dos gins & tônicas!).

Utrecht

Ela já foi a capital cultural da Holanda, nasceu no ano 50 d.C. e tem prédios da idade média que dividem a sua atenção com canais lindos, tal qual Amsterdam. Porém, com uma vantagem enorme: suas ruas são muito mais calmas, sem as multidões de pessoas (moradores e turistas) que povoam a cidade mais famosa da Holanda.

Tudo isso está a poucos minutos de trem justamente do aeroporto por onde você desembarca no país.   

Leiden

Para quem gosta de visitar cidades universitárias – normalmente cheias de vida e agitadas, por menores que sejam em tamanho – Leiden, a apenas 20 km de Haia, é um achado.

Essa fofura é uma cidade universitária desde nada menos que os anos 1500 e, por isso, tem no seu currículo algumas conquistas científicas importantíssimas para a humanidade e que renderam o apelido de Cidade das Descobertas.

Leiden também é o berço de Rembrandt, considerado um dos maiores gênios da arte na Holanda, e guarda belas atrações escondidas em prédios históricos, separados por muitos canais.

Aliás, não faltam canais em Leiden. Ela só fica atrás de Amsterdam na quantidade deles. Outro motivo para passear pela cidade.

Maastricht

Maastricht não é apenas uma das cidades mais antigas da Holanda, mas também uma das mais antigas a Europa, com fundação aproximadamente no ano 50 antes de Cristo (ainda que só tenha ganhado status de cidade nos anos 1200).

Hoje, toda essa antiguidade de Maastricht se traduz em um número impressionante de prédios e construções consideradas patrimônio nacional: são mais de 1600, perdendo apenas para Amsterdam nesse quesito.

Maastricht ainda tem um rio maravilhoso (perfeito para passeios), cafés e restaurantes, museus e todo o pacote que uma cidade com tanta história costuma ter na Europa.

Amersfoort

A cidade natal do pintor modernista Mondrian é um convite ao descobrimento de lugares deliciosos para relaxar na sua viagem.

Seu pequeno centro histórico, cheio de ruazinhas de cartão-postal, monumentos e canais, esconde cafés, restaurantes e lindos terraços de onde você tem uma vista mais deslumbrante que a outra.

Para os cervejeiros, Amersfoort fabrica sua bebida preferida desde a Idade Média e vale colocar uma visita a um bar no seu roteiro, sempre lembrando de pedir uma De Drie Ringen (a cerveja local mais famosa) para não cometer nenhuma gafe.

Haarlem

Haarlem é tão queridinha e tão cheia de paz que sua maior atração é caminhar calmamente por suas ruas históricas e seu centro que enche de beleza os olhos dos visitantes.

Ela se encaixa perfeitamente num roteiro como a “cidade para descansar”, para onde você vai depois de passear por lugares agitados, quando precisa relaxar um pouco.

Como atração extra, ela também é considerada um excelente destino de compras na Holanda.

É procedente assinalar que a informação foi facilitada por Sunday Cooks. Edição, Área Jornalística Oitravels.

20160804150115150000_131791
#oitravels, Pacotes Holanda – Pacote Amsterdam + Londres + Berlim – 2021Londres, Bruxelas e Amsterdam – ECONÔMICA 2021/2022

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: