Ilha da Madeira tornou-se destaque no turismo europeu

Imponentes paredões de pedra absorvem o impacto das ondas do mar. No
topo, florestas preenchem o cenário, dando espaço para uma cidade
colorida e repleta de atrações. Não é de se espantar que a Ilha da
Madeira venha ganhando tanto destaque no turismo europeu.

Eleita como o Melhor destino turístico Insular da Europa pelo World
Travel Awards por 5 anos consecutivos, o destino vêm se destacando cada
vez mais. Hoje, o local já conta com uma excelente infra estrutura
turística, perfeita para aqueles que desejam desbravar os encantos da
ilha e as belezas da Floresta Laurissilva, declarada Patrimônio Natural
da Humanidade pela UNESCO.

Conheça as 4 principais atrações da Ilha da Madeira:

Cabo Girão

O mirante mais alto da Europa também é um dos mais espetaculares do
continente. Com 580 metros de altura, no topo do Cabo Girão é possível
avistar boa parte da ilha, incluindo as cidades de Câmera de Lobos e
Funchal.

O grande destaque de lá fica por conta do Skywalk. Este é um trecho do
caminho feito inteiramente de vidro, inclusive o chão. A sensação que se
tem é de estar andando nas nuvens, passando sobre o mar a mais de 500
metros. Não são todos que tem coragem de viver essa experiência, mas
acredite, vale muito a pena.

Teleférico Funchal

O teleférico é uma atração obrigatória para quem visita Funchal. Ligando
o centro histórico da cidade ao Jardim Botânico no topo do Monte da
Cidade, o passeio leva os visitantes até uma das vistas mais
espetaculares da ilha.

Com cerca de 15 minutos de duração, o caminho dos teleféricos recria o
trajeto realizado pelo chamado “comboio do monte”, que operou até 1943.

Além da vista incrível da cidade e região, no topo do monte fica a
Igreja de Nossa Senhora do Monte, um dos principais pontos turísticos do
destino, onde está sepultado o imperador Carlos I da Áustria.

Carro de Cesto

Se o teleférico é a melhor maneira de subir o monte, o Carro de Cesto é
a forma mais divertida de descer dele.

O simpáticos carrinhos surgiram como uma forma de meio de transporte lá
em 1850. Hoje, completamente repaginados, eles são uma das principais
atrações turísticas de Portugal.

A experiência consiste em um carrinho de madeira que desce do topo do
monte controlado pelos carreiros, nome dado aos condutores, que vão
empurrando o veículo.

Após embarcar no cesto, é só curtir a viagem de 2 km, que dura cerca de
10 minutos. A velocidade do carrinho chega até 80 km/h, sendo totalmente
controlada pelos carreiros. Um experiência única para se viver em Madeira.

Piscinas Naturais do Porto Moniz

Mais um cenário espetacular da Ilha da Madeira, as piscinas naturais do
Porto Moniz são o passeio ideal para aqueles que não abrem mão de um bom
banho de mar.

Moldadas pela lava vulcânica a milhares de ano, a formação natural é
preenchida pela água do mar conforme o fluxo das marés, sendo renovadas
constantemente.

São quase 4 Km ² abertos para visitação, onde é possível mergulhar nas
águas, tomar banho de sol e curtir a paisagem formada pelos paredões
rochosos.

Como chegar na Ilha da Madeira?

A principal porta de entrada é o Aeroporto Internacional Cristiano
Ronaldo, localizado a 20 minutos do centro de Funchal, a capital da
Madeira. A pista é um show à parte e está suspensa por pilares sobre o
mar, e há até uma estrada que passa por baixo dela. O voo direto a
partir de Lisboa tem duração de 1h30, mas é possível chegar via outras
capitais europeias.

Quando ir para a Ilha da Madeira?

O clima ameno é constante, ou seja, é primavera praticamente o ano todo.
É claro que no verão os termômetros sobem um pouco mais e criam o
ambiente perfeito para um banho de mar. Já no inverno, o fim de tarde
exige um casaco mais quente. Para aqueles que querem se aventurar pelas
montanhas, as temperaturas são muito mais baixas nas alturas, com média
de 9o C.

Quantos dias ficar na Ilha da Madeira?

Por mais que seja uma ilha pequena, há inúmeras atrações e atividades
para curtir, como trilhas, mirantes, restaurantes, balneários, entre
outras. Por isso, o ideal é ficar, no mínimo, sete dias por lá. Mas, com
certeza, ao final da viagem você não vai achar que foi tempo suficiente
para desfrutar tudo o que o destino tem a oferecer.

Onde se hospedar na Ilha da Madeira?

A Ilha da Madeira tem uma vasta oferta hoteleira, em sua maioria cinco
estrelas, e que agrada aos diferentes gostos.
O que provar na Ilha da Madeira?

A gastronomia local tem como base peixes, como o peixe espada-preto e o
atum, e frutos do mar, como as lapas – um tipo de molusco local. Outro
prato delicioso é a “Espetada”, churrasco de carne bovina, sempre
acompanhado de milho frito e do saboroso Bolo-do-Caco, servido com
manteiga de alho e salsa. Para beber, uma boa poncha, feita com
aguardente de cana, limão (ou laranja) e mel, ou o vinho exclusivo
produzido no destino, o Madeira, fortificado, com alto teor alcoólico e
mais de cinco séculos de existência.

Outras informações

Moeda: assim como no restante de Portugal, a região da Madeira utiliza o
euro como moeda corrente. É possível trocar dinheiro em bancos e casas
de câmbio. Cartões de crédito internacionais são amplamente aceitos.

Fuso horário: o arquipélago está no fuso GMT +0. A diferença de horário
entre o Brasil e a Madeira varia entre três e quatro horas, dependendo
do horário de verão local.

Visto: brasileiros não precisam de visto para entrar em Portugal. Com um
carimbo no passaporte, você pode circular por até 90 dias por toda a
União Europeia, e ainda é possível renovar a permissão por mais 90 dias.

  • Voltagem padrão: 220V
  • Tipo de tomada elétrica: tipo F

Telefone: as três redes telefônicas de Portugal (Vodafone, MEO, Optimus)
mantêm acordos de roaming com a maioria das companhias internacionais,
garantindo uma boa cobertura dentro do país. Confira as condições e
tarifas diretamente com a sua operadora.

Comércio tradicional: as lojas estão abertas das 09h às 13h e das 15h às
19h, de segunda a sexta-feira. Aos sábados, funcionam das 09h às 13h.
Alguns centros comerciais estão abertos todos os dias, das 10h às 22h (e
alguns até as 23h). Os principais cartões de crédito são aceitos na
maioria dos estabelecimentos comerciais, restaurantes e hotéis.

Bancos: estão abertos das 08h30 às 15h00, de segunda a sexta-feira.

Gorjeta: o serviço está incluído na conta dos restaurantes, mas é
habitual deixar uma gorjeta de 5 a 10% sobre o preço total da refeição.

Fumantes: assim como no Brasil, é proibido fumar em recintos públicos
fechados em Portugal.

É procedente assinalar que a informação foi facilitada por Andy Spinelli/Destinos Imperdiveis. Edição, Área Jornalística Oitravels.

WhatsApp Image 2020-06-04 at 12.15.11 XXXXXX

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: