Campos do Jordão, a Suíça brasileira

Engana-se quem pensa que Campos do Jordão é destino apenas para ir no inverno. É lógico que nesta época do ano o friozinho deixa a cidade mais charmosa e lotada também, principalmente o centrinho turístico da Vila Capivari, que vira point de baladas, lojas e eventos “pop-up” aos finais de semana da temporada de inverno, diga-se julho.

Mas a “Suíça brasileira” oferece atrativos em qualquer época do ano. Do turismo de aventura aos que buscam apenas tranquilidade, Campos do Jordão tem opções para todas idades, gostos e bolsos. E o melhor, com preços mais convidativos, tantos nos restaurantes como em pousadas e hotéis fora da temporada de inverno.

Mesmo no verão, as temperaturas em Campos do Jordão se mantêm amenas, em torno de 25ºC. Ideal para quem quer fugir do sol e praias cheias.

No outono, os termômetros caem um pouco. Durante o dia, o sol é um convite para explorar a exuberante natureza de Campos de Jordão e arredores.

Pesar de o clima ser um dos grandes responsáveis pela popularização da cidade, Campos do Jordão tem a seu favor inúmeros programas históricos, gastronômicos e ecoturísticos, o que explica os 4,5 milhões de turistas por ano em busca de ar puro, construções em estilo europeu, fondues, chocolate quente e muita diversão.

Para facilitar, a distância que separa São Paulo da estrela da Serra da Mantiqueira é curta: 2h30 de carro.

O que fazer em Campos do Jordão

1- Horto Florestal

SAO1

Além das atividades clássicas que um parque pode oferecer, como caminhadas curtas em meio à natureza,o Horto Florestal dispõem de outras mil e uma possibilidades capazes de lotar um dia inteirinho da sua viagem.

Pra começar, há trilhas pra todos os gostos. Aliás, quem não quiser nada muito cansativo a Trilha das 4 pontes dura apenas 40 minutos e possui grau de dificuldade baixa.

Para os mais dispostos, há ainda a Trilha da Cachoeira, Trilha do Rio Sapucaí e a Trilha dos Campos, que duram em torno de 1h30 cada uma delas.

Para quem não dispensa uma dose extra de adrenalina, a Zoom Aventura entrega atividades como Tirolesa e Arvorismo. O preço de cada experiência gira em torno de R$ 50,00.

Por outro lado, para os viajantes que querem evitar a fadiga, o Horto Florestal tem ainda um simpático passeio de trenzinho que pode te levar aos principais pontos do parque.

Para repor as energias, uma cafeteria e o Restaurante Dona Chica garantem os comes e bebes. Mas é claro, aos que vão passar o dia inteiro por estas bandas, levar alguns lanchinhos pode render uma bela economia.

O Horto Florestal fica aberto de quinta a terça-feira, das 9h às 16h e o preço da entrada custa R$ 15,00. Nas quartas-feiras abre somente nos períodos de alta temporada e feriados.

Para chegar, há uma linha de ônibus que te deixa na entrada do parque e a frequência é de hora em hora. Indo de ônibus, além de gastar muito pouco com o transporte você também não paga a entrada.

2- Parques de Aventura

tar

Para crianças e adultos que querem um contato mais divertido e empolgante com o verde da região, outra dica do que fazer em Campos do Jordão é passar o dia em algum Parque de Aventura.

E eu disse algum pois há três opções: Tarundu, Aventura no Rancho e Bosque do Silêncio.

O Tarundu é o que possui um maior número de atividades tanto para crianças como adultos. Você pode optar em comprar cada diversão avulsa ou um ingresso que inclua diversas atividades. O Passaporte Ilimitado é o mais completo e custa aproximadamente R$ 265,00. Porém, vale consultar todas as opções para verificar qual é a mais adequada para você.

O Aventura no Rancho se destaca pelo seu circuito de arvorismo e tirolesa, além de um percurso para mountain bike.

O Bosque do Silêncio segue a mesma linha e ainda oferece ambientes aonde quem reina é a tranquilidade.

3- Comer, comer e comer

SAO2

Comer já faz parte de qualquer roteiro. Porém, o fato é que durante uma viagem a Campos do Jordão você poderá se esbaldar em dezenas de restaurantes que oferecem pratos e ambientes pra viajante nenhum botar defeito.

O tradicional fondue está em 9 de cada 10 mesas da cidade e sem dúvida é o prato mais consumido pelos turistas.

Os chocólatras de plantão podem ficar perdidos na hora de dar inicio a comilança.

Além disso, pratos tradicionais, restaurantes italianos, alemães e hamburguerias se fazem presente, principalmente, no burburinho de Capivari.

4- Visita guiada a Baden Baden

SAO3

Campos do Jordão é a casa da Cervejaria Baden Baden e suas dezenas de rótulos que enchem a boca, literalmente, dos viajantes que não dispensam uma gelada.

Além do restaurante da marca que fica em Capivari, você também pode conhecer sua fábrica em uma visita guiada. Apesar de ser rápida e sem muitas firulas, o passeio é uma oportunidade para você conhecer superficialmente o processo de fabricação da cerveja, degustar alguns rótulos, e compra-las com preços bastante atraentes.

O tour guiado pela Baden Baden acontece diariamente entre 10hs e 17hs, e tem duração aproximada de uma hora. Antes de ir, porém, é necessário que você faça o agendamento por telefone (0800 888 1010) e com antecedência (principalmente se for viajar nos períodos mais concorridos).

A visita custa R$ 30,00 e inclui a degustação de três rótulos e um copo bastante bonito. Já as garrafas da cerveja custam em torno de R$ 16,00.

Por fim, saiba que não é permitido para menores de 18 anos, mesmo que acompanhados dos pais ou responsáveis.

5- Vistas e Mirantes

SAO4

Para quem curte ver a cidade do alto ou até mesmo paisagens naturais com vistas impressionantes, a boa noticia é que isso é uma das várias possibilidades para fazer em Campos do Jordão. Desde é claro, que o tempo colabore para o passeio.

A opção mais prática para avistar a cidade é do Morro do Elefante, que fica ao lado de Capivari e é acessado por teleférico ou pela estrada.

Se puder fazer uma parada antes mesmo de chegar em Campos, a poucos quilômetros do portal de entrada da cidade, a Vista Chinesa já pode te proporcionar um visual pra lá de fotogênico.

Outros lugares para apreciar cenários inesquecíveis é do Pico do Itapeva e, para os mais animados, do Mirante da Pedra do Baú. Este último, na verdade, localizado no município vizinho São Bento do Sapucaí.

6- Parque Amantikir

SAO5

Jardins que falam, essa é a proposta muito bem sucedida do Parque Amantikir.

Com centenas de espécies de plantas em dezenas de jardins muito bem cuidados, o passeio é parada obrigatória pra quem gosta de flores e não abre mão de fotografar belos cenários.

Ainda assim, a atração tem dois contras a considerar: está localizado numa área da cidade onde não há transporte público, e o preço da entrada, na minha opinião, é bastante salgado (R$ 40,00).

Para não gastar tudo isso, vale ficar de olho se você se enquadra nas condições para pagar meia-entrada: crianças entre 5 e 16 anos, estudantes, professores da rede pública, policiais civis ou militares e pessoa com mais de 60 anos. Em todos os casos é necessário comprovar a função mediante os documentos exigidos no site.

Além disso, outra alternativa para conhecer o Amantikir é com city tours realizados em vans que saem de frente do teleférico. Neste caso, o passeio passa por diversos lugares de Campos do Jordão, custa em média R$ 50,00, e já inclui a entrada do parque.

O Jardim Amantikir está aberto todos os dias do ano, das 8h30 às 17h. Além disso, vale lembra-lo que eles não aceitam nenhum tipo de cartão para efetuar o pagamento.

7- Museu Felícia Leirner

SAO6

Unindo arte e natureza, o Museu Felícia Leirner foi mais uma boa surpresa quando estava buscando sobre o que fazer em Campos do Jordão.

Situadas num espaço externo extremamente organizado, as esculturas de diversas fases da artista podem ser contempladas numa ordem cronológica do seu trabalho.

Além disso, é aí que também está o Auditório Claudio Santoro, responsável por acolher alguns dos eventos mais importantes de Campos do Jordão.

A entrada do museu custa apenas R$ 10,00, e pode ser visitado de terça a domingo das 9h às 17hs.

O que fazer em Campos do Jordão com chuva

album_iceland_bar_1-700x300

Se o clima em Campos do Jordão não colaborar, aproveite para visitar os pontos turísticos em ambientes fechados, como: o tour guiado na Baden Baden, o Museu da Xilogravura, o Palácio da Boa Vista e o Iceland Bar de Gelo.

Além disso, aproveite para se esbaldar nos restaurantes, cafeterias e chocolaterias da cidade.

É procedente assinalar que a informação foi facilitada pela Volto Logo/Catraca Livre. Edição, Área Jornalística Oitravels.

InShot_20200803_095505023

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: