Medellín, a cidade mais inovadora do mundo

Por não saber o que fazer em Medellín, muita gente deixa a cidade de fora de seu roteiro pela Colômbia. Por muitos anos a cidade foi perigosa, violenta, dominada pelo tráfico de drogas e pelo famoso Cartel de Medellín, liderado por Pablo Escobar. Porém, atualmente a situação é bem diferente.

Nos últimos anos, a “Cidade da eterna primavera”, como Medellín é conhecida devido ao seu clima ameno, passou por uma incrível transformação nas áreas de educação, integração social e apoio a cultura e esportes. Não por menos, em 2013 foi eleita a cidade mais inovadora do mundo pelo instituto americano Urban Land.

O turismo em Medellín

Boa parte dos turistas que vão até Medellín estão atrás de uma destas duas coisas (ou de ambas):

  • Ver as inovações que o Projeto Urbano de Medellín incorporou à cidade e a fez receber um prêmio internacional por sua transformação urbana. Em 2013, a cidade foi eleita a mais inovadora do mundo. Medellín é a única cidade colombiana a ter um sistema de metrô e a ele são conectados bonde elétricos e teleféricos (metrocable) que tornam o sistema acessível a quem mora na periferia.
  • Ou conhecer os locais por onde passou “o famoso narcotraficante”, especialmente após o “revival” recente ocasionado pelo seriado Narcos, da Netflix. A série fez ressurgir um interesse turístico sobre o passado sombrio da cidade que muitos colombianos querem esquecer.

Medellín funciona como a capital da região de Antioquia, onde é possível ver essa cultura única, com hábitos diferentes que vão desde o comportamento de seus habitantes à culinária. Uma vez na cidade, não deixe de experimentar a bandeja paisa, o maior prato (literalmente!) típico da região.

Além de toda essa riqueza histórica relacionada à cidade, Medellín também apresenta a melhor noite colombiana. Com restaurantes, bares e casas noturnas maravilhosas. A cidade ganha em disparado de suas vizinhas quando os quesitos analisados são estilo, qualidade e variedade.

Fora estes, poucos sabem, mas culturalmente Medellín é uma cidade diferente de todas as outras vistas na Colômbia. Grande parte de sua população é formada por paisas, um grupo étnico que surgiu da mistura de judeus espanhóis e bascos, além de indígenas.

O que fazer em Medellin

Dentre as principais atrações estão parques, um dos maiores aquários da América do Sul, arte e até uma comunidade pacificada, tida como uma das mais violentas do mundo, e que hoje é um exemplo de transformação!

1. Parque Explora

Separe pelo menos um dia para conhecer todas as atrações do Parque Explora, um museu interativo de ciência e tecnologia. Lá funciona o Planetário e um dos maiores aquários da América do Sul, sem contar nas salas com mais de 300 experiências interativas. É uma atração perfeita para quem viaja com crianças, mas que também encanta os adultos.

2. Jardim Botânico

O Jardim Botânico é uma das atrações mais imperdíveis da cidade! Ele está localizado na região central e é considerado o pulmão e um dos símbolos Medellín. O principal atrativo é o Orquideorama, uma estrutura grande e curiosa onde fica a coleção de orquídeas do parque. Além de muito verde para caminhar, relaxar e apreciar, você ainda pode se deparar com eventos educativos e gratuitos que envolvem todas as idades.

3. Parque de Los Deseos

O Parque de Los Deseos está localizado bem próximo ao Jardim Botânico de Medellín, então aproveite o mesmo dia para conhecer os dois locais. O parque oferece uma grande variedade de atividades culturais e educativas para toda a família, como cinema ao ar livre, exposições, apresentações musicais e muito mais. Lá também está localizada a Casa da Música, um importante ponto de encontro dos artistas e músicos da cidade.

4. Parque Lleras

O Parque Lleras, localizado no bairro El Poblado, é a parte boêmia de Medellín. Durante o dia você vai encontrar diversas opções de restaurantes para o almoço e, durante a noite, o agito fica por conta dos bares e casas noturnas que vão até o dia amanhecer. Se bater aquela vontade de comer, dançar e se divertir, você já sabe para onde ir.

5. Museu Pablo Escobar

Embora Pablo Escobar não seja visto com bons olhos pelos colombianos, em Medellín existe um museu dedicado ao maior narcotraficante do mundo. O museu é comandado pelo irmão de Pablo e exibe fotografias e objetos que pertenceram ao traficante, como carros, aviões e até um jet-ski. A visita é acompanhada por um guia que conta a história do ponto de vista da família. É um passeio imperdível para os fãs de Narcos!

6. Parque Arví

O Parque Arví é uma reserva natural e ecológica localizada ao Norte de Medellín. A melhor maneira de chegar até lá é através do metrocable que parte da estação Acevedo e já dá uma visão incrível do parque.

No parque há trilhas que podem ser feitas caminhando ou de bicicleta, um mercado agrícola onde é possível adquirir frutas, verduras e artesanatos de produtores da região, espaço para piquenique e diversas atividades que rendem um dia inteiro de diversão pertinho da natureza.

7. Museu de Antioquia

Para quem gosta de arte, o Museu de Antioquia é parada obrigatória. O espaço abriga uma grande coleção de obras de Fernando Botero, o mais famoso artista colombiano.

São três andares e um acervo com mais de 5 mil peças, entre pinturas, esculturas, documentos e diversos objetos históricos que contam a história do país, além de mostras de outros artistas internacionais.

8. Plaza Botero

Antes ou depois de passar pelo Museu Antioquia, aproveite para conhecer a Praça Botero. Na praça estão 23 estátuas de bronze doadas pelo próprio artista. O local é muito frequentado por turistas, que aproveitam para tirar fotos em poses engraçadas em frente as obras.

9. Pueblito Paisa

O Pueblito Paisa é um vilarejo que recria um povoado colombiano do século passado. O local é bem pequeno, porém agradável e fotogênico! Lá você vai encontrar diversas barraquinhas com comidas típicas e lembrancinhas. O Pueblito fica no topo do Cerro Nutibara, uma colina no meio da cidade, que tem uma das vistas mais bonitas de Medellín.

10. Museu de Arte Moderna

O Museu de Arte Moderna de Medellín tem um pequeno, porém interessante acervo para os amantes da arte. Fundado em 1978, o museu possui a maior coleção da pintora Débora Arango, protagonista da arte colombiana no século XX, além de exposições com obras de outros artistas. A arquitetura do museu também é de encher os olhos e se destaca na cidade.

11. Comuna 13

A Comuna 13 é uma gigantesca favela pacificada, mas que já foi considerada uma das mais perigosas do mundo. Hoje, o destino é um dos mais visitados pelos turistas. A comunidade é repleta de casas coloridas e seus muros grafitados rendem belas fotos. Para facilitar a vida dos moradores, foram implantadas escadas rolantes e linhas de metrocable que chegam de diversos pontos.

É procedente assinalar que a informação foi facilitada pela Vida Cigana/Viajali. Edição, Área Jornalística Oitravels.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: