Passeio pelo centro histórico de Recife, Pernambuco

O Brasil é um país grande, que cobre uma grande parte da América do Sul. Está dividido entre o Distrito Federal (a capital brasileira, Brasília), e 26 Estados, cada um com uma capital independente. Dentro do Estado de Pernambuco, Recife é uma das maiores capitais do Brasil, com mais de 4 milhões de habitantes na região metropolitana, e é uma das cidades mais antigas do país, fundada em 12 de março de 1537. Além disso, a cena cultural no Recife produz bastantes artistas, música e ritmos, parte disso encontra-se no Recife Antigo, o bairro, de onde começou toda a cidade.

Durante a colonização brasileira, os portugueses precisavam de um grande porto para trazer de volta à Europa as riquezas da colónia. Aproveitando geografia da região, fundaram o Porto de Recife, e de seguida a Vila. Durante o século XVIII, o porto foi considerado o mais movimentado das Américas, o que pode, na verdade, dar uma ideia do seu tamanho. Foi construído nesta pequena ilha na costa, e os corais protegeram-na no mar. Além disso, está cercado por rios (sim, Recife é dividido por rios, e é por isso que no Brasil chamam Recife de “Veneza Brasileira”). Este ponto geográfico estratégico com os “Recifes de Corais” que cobrem todo o litoral de Recife é a razão pela qual a cidade de Recife tem o seu nome.

O porto original feito pelos portugueses na época colonial ainda existe e dá origem à efervescência cultural no centro da cidade. Ao visitares a cidade velha, podes encontrar museus durante o dia e bares e “vida boémia” à noite. Aqui também se realizam concertos em ocasiões especiais. Mas é no Carnaval que o bairro atinge o seu clímax máximo.

O que fazer no Recife Antigo

Museus e edifícios históricos
Foto: Reprodução | Portal da Cultura Pernambucana

Podes encontrar pelo menos três museus proeminentes na Cidade Velha. O primeiro é o Cais do Sertão. É um museu novo, inaugurado em 2014, que mostra a história cultural do interior do Estado de Pernambuco.

Foto: Reprodução | Diario de Pernambuco

No mesmo ano, o museu do Paço do Frevo também abriu as portas. Localizado em frente à praça do Arsenal, narra toda a história do “Frevo”, um ritmo musical que é dançado principalmente durante o Carnaval, originário de Pernambuco.

Foto: Reprodução | Diario de Pernambuco

A Cidade Velha também tem um museu moderno, o Museu da Caixa Cultural, um espaço para exposições temporárias no coração da cidade velha.

Foto: Reprodução | farm8.staticflickr

Outro ponto importante é a “Primeira Sinagoga das Américas”, um museu que explica a história dos primeiros judeus na América. Fica na “Rua do Bom Jesus”, antes chamada “Rua dos Judeus”. A alteração do nome remonta à expulsão dos judeus pela Inquisição Portuguesa. Os documentos provam que estes mesmos judeus são responsáveis por fundar a comunidade judaica de Nova Iorque.

Foto: Reprodução | Visit Recife

A Torre Malakoff é um dos melhores lugares que podes visitar na Cidade Velha. Ela está situada em frente à Praça do Arsenal, que era o antigo território da base da Marinha. A construção da torre começou em 1853 e foi projetada para ser o “portão do arsenal da Marinha”. Anos mais tarde, quando o território militar deixou de ser utilizado, a torre transformou-se num lugar cultural.

Mas se não estás com disposição para museus, lembra-te que um passeio pelas ruas antigas também é uma “viagem no tempo”. A arquitetura dos edifícios antigos, inspirada na época colonial e na invasão holandesa, tem a sua própria magia.

As Fortificações
Foto: Reprodução | Pinterest

Recife era uma vila pequena, mas como estava posicionada numa localização estratégica, tornou-se a região mais rica do período colonial. Devido a isto, os conquistadores portugueses construíram o Forte do Brum para proteger a cidade contra a invasão estrangeira. Mesmo ao lado do porto, foi construído no século XVI, e hoje é um dos melhores destinos turísticos da capital. A área abriga atualmente um museu militar, que exibe armas, canhões e fotos da época da invasão holandesa na região.

Foto: Reprodução | Danilo Borges

Fora da cidade velha, mas a uma curta distância, também podes encontrar um segundo Forte – foram os conquistadores holandeses que construíram este, e é chamado de “Forte das Cinco Pontas”. Atualmente, funciona como o “Museu da Cidade do Recife”.

Foto: Reprodução | divulgação

O edifício “Paço Alfândega” encontra-se no coração do Recife antigo. Atualmente, é um espaço cultural e um centro comercial com excelentes cafés e restaurantes. No ultimo andar do centro comercial, podes encontrar uma das melhores vistas da cidade de Recife, e é gratuito. Outra bela vista é oferecida no último andar da Torre Malakoff. No entanto, é melhor verificar se está aberto antes de lá chegares, já que o último andar está normalmente fechado para exposições temporárias.

Marco Zero
Foto: Reprodução | Revista Viajar pelo Mundo

O Marco Zero do Recife é onde todos os destinos começam em Pernambuco. É uma grande praça, construída para realizar eventos culturais e turísticos. Na praça, perto da costa, tens duas perspectivas: do oceano ao continente, podes encontrar belos edifícios com uma variedade de cores e arquitetura, mas da terra, olhando para o mar, podes ver o rio que separa este belo “parque de esculturas”, construído sobre os recifes de coral, protegendo a terra do oceano. No rio, também podes alugar um pequeno barco aos moradores que te levará até lá para apreciares o melhor local do Recife Velho.

É procedente assinalar que a informação foi facilitada pela Fabio Jardelino/Itinari. Foto de Portada Jornal Cruzeiro do Sul. Edição, Área Jornalística Oitravels.

Reservamo-nos o direito de corrigir eventuais erros de publicação deste material, Oitravels não é responsavel por material gráfico que não expresse claramente o copyright.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: