Os encantos da charmosa Arraial D’Ajuda

Arraial D’Ajuda é um distrito de Porto Seguro que conta com belas praias e muita animação. É uma boa alternativa para quem procura um lugarzinho charmoso para passar as férias na Bahia.

É tão charmosa que parece até cidade cenográfica. As casinhas coloridas nunca ultrapassam dois andares, restaurantes e pousadas de todos os tipos se espalham pelas ruas de pedra e a igreja, construída no século 16 pelos jesuítas que fundaram o povoado, reúne os fiéis até hoje, quase como se tivesse parado no tempo.

Como chegar a Arraial D’Ajuda

Para ir do Centro de Porto Seguro a Arraial D’Ajuda é preciso atravessar de balsa o Rio Burahém. A balsa funciona 24 horas e tem partidas a cada meia-hora durante o dia e a cada uma hora na madrugada, de 1h às 6h.

Na alta temporada – especialmente nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro -, as saídas são mais frequentes, mas as filas são bem grandes.

O preço varia de acordo com o dia e com o horário. De forma geral, nos dias de semana de 6h às 22h, a tarifa para carros de passeio é R$ 18,60, o trecho. Nos outros dias e horários, o preço sobre para R$ 22,90, cada trecho. Quem atravessa a pé também paga: a tarifa para turistas é R$ 5. A travessia dura cerca de dez minutos. ( Preços fevereiro de 2021).

Quando ir a Arraial d’Ajuda

Na Bahia não há contraindicações e em Arraial d’Ajuda não é diferente. A cidade pode ser visitada o ano inteiro, mas cuidado com o período entre maio e agosto, quando costuma chover mais. Nessa época também as temperaturas são mais baixas e pode ser que você não encontre clima de praia todos os dias.

O que fazer em Arraial d’Ajuda

Praias proximas ao centro
Foto: Reprodução | Viagens e Destinos

Mas se tudo o que você quer no calor infernal de janeiro é largar suas coisas no hotel e correr pra praia, Arraial também vai te conquistar. A praia do Apaga-Fogo é a primeira que você vai ver quando descer da balsa de Porto Seguro e é uma boa opção para quem gosta de esportes aquáticos, como o windsurf.

Foto: Reprodução | Portal Arraial D’Ajuda

A praia seguinte é a de Araçaípe, que parece uma piscininha por causa dos recifes que se formam na região. Essa praia fica a três quilômetros do centro de Arraial d’Ajuda e tem também a característica marcante de estar sempre repleta de conchas.

Foto: Reprodução | Rotas de Viagem

As piscinas naturais formadas por recifes de corais deixam o mar calminho também na Praia do Mucugê, a mais próxima do centro de Arraial. Já a do Parracho possui uma barraca de shows que recebe festas, carnavais fora de época e outros eventos.

Foto: Reprodução | Divulgação/ Prefeitura

Depois tem a Praia da Pitinga, já citada como uma das mais bonitas do Brasil e principal cartão-postal de Arraial. Em todas as praias é possível encontrar barracas com uma boa estrutura de comidas, bebidas e banheiros, mas não espere pagar pechinchas para consumir por ali.

Foto: Reprodução | Go Hurb

As últimas praias, que vêm antes de entramos na região que pertence à Trancoso, são a Praia da Lagoa Azul e a Praia do Taípe. A primeira é bem selvagem e conta apenas com uma barraca. Já em Taípe começam as falésias que marcam a paisagem das praias de Trancoso e mudam radicalmente o panorama. Boa parte dessa praia é deserta, mas há trechos com cabanas, se você preferir.

Na maré baixa, é possível fazer uma longa caminhada pelas praias. Quem tiver disposição pode seguir pelo litoral a pé até Trancoso.

Centro Histórico
Foto: Reprodução | Divulgação/Gordiando

O pequeno centro histórico de Arraial d’Ajuda tem na Igreja Nossa Senhora d’Ajuda sua principal atração. Ela e toda a área que se estende ao seu redor, incluindo o mirante para a Estrada da Balsa e as charmosas casinhas coloridas que hoje rodeiam a praça e datam do ano de 1551 e hoje são tombados pelo Iphan.

Embora tenha sido construída apenas poucas décadas após a chegada dos portugueses, a Igreja passou por algumas reformas e restaurações ao longo dos séculos. A última ocorreu em 2006, quando, em decorrência de fortes chuvas que assolaram, a cidade, precisou ganhar uma nova escadaria.

Foto: Reprodução | Catraca Livre

Uma curiosidade interessante sobre o local é que atrás da Igreja há uma fonte considerada milagrosa pelos moradores dali. Segundo a lenda, quem se banha nela sempre volta a Arraial, mas não é só isso! Há diversos milagres que foram atribuídos à sua água ao longo do tempo. Tanto que virou um local de peregrinação de romeiros e os jesuítas que construíram a cidade abriam suas casas para recebê-los.

Hoje, essas casinhas abrigam lojas de artesanato, cafés e pousadas charmosas.

O que fazer à noite
Foto: Reprodução | Portal Arraial D’Ajuda

Quando o sol se põe, Arraial continua oferecendo muitas opções de entretenimento. Só caminhar pelas ruas Bróduei e Mucugê durante a noite já é um passeio e tanto. Os dois lugares possuem vários restaurantes, lojinhas e galerias de arte tão charmosas que dá vontade de entrar em todas. Não preciso nem dizer que recomendo demais que você escolha um restaurante por ali para jantar.

É procedente assinalar que a informação foi facilitada pela Natália Becattini/ 360 Meridianos. Foto de Portada Go Hurb. Edição, Área Jornalística Oitravels.

Reservamo-nos o direito de corrigir eventuais erros de publicação deste material, Oitravels não é responsavel por material gráfico que não expresse claramente o copyright.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: