O que fazer no Centro Histórico de Curitiba

A cidade de Curitiba oferece uma programação rica e variada em diversos locais, e no Centro Histórico, uma das regiões mais antigas da cidade, não poderia ser diferente.

O local reúne museus, galerias, espaços culturais, além de igrejas e casarões preservados que ressaltam a beleza da região, que se concentra em boa parte no bairro São Francisco, um dos bairros mais atrativos e visitados de Curitiba.

O cenário do Centro Histórico de Curitiba é composto por uma mistura harmônica entre o antigo e o moderno, o que torna a região ainda mais interessante. Largo da Ordem, Museu Paranaense, Praça Garibaldi, igrejas e construções arquitetônicas, além de bares e diversas opções gastronômicas, ilustram o Setor Histórico.

Além dos tradicionais eventos que acontecem na região, como a Feira do Largo da Ordem que acontece todos os domingos o Festival de Teatro de Curitiba.

O que ver no Centro Histórico
Foto: Reprodução | Prefeitura Municipal de Curitiba

Catedral – localizada onde os primeiros colonizadores construíram uma capela em 1668, foi sendo alterada e ampliada com o passar do tempo, até chegar à construção atual, que data de 1893. O projeto tem linhas góticas e é dedicada à Nossa Senhora da Luz dos Pinhais. Foi recentemente restaurada. Vale a pena visitar seu interior e ver uma estátua em tamanho real do Papa João Paulo II e também um poço que foi descoberto na última restauração e que hoje está fechado por um tampo de vidro.

Foto: Reprodução | Prefeitura Municipal de Curitiba

Praça Tiradentes – segundo a lenda, o cacique Tindiquera trouxe os colonizadores portugueses para a região onde está a Praça Tiradentes indicando que ali seria um local adequado para se estabelecerem. Fato é que a capela foi construída ali e a cidade se desenvolveu ao redor da praça. Ela foi recentemente restaurada e descobriu-se o antigo calçamento, que hoje pode ser feito no centro da praça, protegido por vidros. A Praça Tiradentes é considerada também o marco zero da cidade.

Foto: Reprodução | Clube Gazeta do Povo

Paço da Liberdade – inaugurado em 1916, era a sede da antiga prefeitura de Curitiba, e, atualmente, o prédio abriga exposições, salas para diversos eventos culturais, além do famoso Café do Paço. O local é também o único monumento tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

Foto: Reprodução | Prefeitura Municipal de Curitiba

Rua São Francisco – se você quer imaginar como eram as ruas de Curitiba até a década de 1960, é interessante passar pela Rua São Francisco. Estreita, com calçamento de paralelepípedos, vive atualmente uma grande mudança. Anteriormente, era considerada um local perigoso da cidade, mas a rua passou por uma revitalização e vários restaurantes e bares novos se instalaram nela. Há lugares clássicos como o Restaurante São Francisco, no mesmo local desde a década de 1950 e outros muito conhecidos como o Nonna Giovanna e Jockers. Só recomendamos ir a este local até às 21h, já que após este horário o perfil da rua muda e pode ficar perigoso.

Foto: Reprodução | Wikipédia

Igreja da Ordem – de linha simples com arquitetura típica colonial, a simpática Igreja da Ordem é a construção mais antiga ainda preservada de Curitiba, construída em 1737. Suas linhas arquitetônicas estão praticamente iguais desde então. A Igreja dá nome à toda a região do centro histórico, que é popularmente conhecida com Largo da Ordem. Anexo à ela você poderá visitar o Museu de Arte Sacra.

Foto: Reprodução | Prefeitura Municipal de Curitiba

Igreja do Rosário – construída para escravos de Curitiba em homenagem à Nossa Senhora do Rosário, é hoje uma das construções mais bonitas do centro histórico de Curitiba. Durante a construção da catedral atual, os fiéis usavam a Igreja do Rosário para suas missas. A fachada atual é de 1946 e substituiu uma mais simples, de estilo colonial.

Foto: Reprodução | Divulgação/Gazeta do Povo

Solar do Rosário – o belo casarão particular está localizado ao lado da Igreja do Rosário. No local você encontrará várias coisas: galeria, restaurante com almoço e café colonial, cursos, livraria e um simpático café com mesas internas e externas.

Foto: Reprodução | Prefeitura Municipal de Curitiba

Sociedade Garibaldi – a imponente construção amarela é a sede da Sociedade Beneficente Garibaldi, fundada pelos imigrantes italianos em 1883. O local sedia hoje eventos e pode ser usado para um almoço ou café colonial mediante reserva e para um grupo mínimo de 15 pessoas.

Foto: Reprodução | Gazeta do Povo

Belvedere e Ruínas de São Francisco – na parte mais alta do centro histórico, você encontrará as Ruínas de São Francisco, local cercado de lendas. O anfiteatro ao ar-livre é palco frequente de shows aos domingos pela manhã. Na galeria você encontrará antiquários. O Belvedere hoje está sendo revitalizado e em breve se transformará em um café.

Foto: Reprodução | Kraw Penas/Governo do Paraná

Museu Paranaense – com um acervo com mais de 400 mil itens, entre objetos de uso pessoal, armas, documentos, mapas, fotos, filmes, moedas entre outros grandes acervos, o Museu Paranaense foi inaugurado em 1876, e desde sua inauguração ocupou seis sedes, até chegar à atual, no Palácio São Francisco. Atualmente, além das exposições, desenvolve estudos nas áreas de Arqueologia, Antropologia e História.

Foto: Reprodução | Bienal de Curitiba

Memorial de Curitiba – localizado no Largo da Ordem, o Memorial é um espaço destinado para diversas atividades culturais e eventos. Inaugurado em 1996, apresenta um projeto arquitetônico inspirado no pinheiro paranaense, e suas instalações contam com salas de exposições, um auditório e uma praça interna para grandes eventos. É um importante centro cultural de Curitiba que se destaca no setor histórico da cidade.

Foto: Reprodução | Gazeta do Povo

Praça do Gaúcho – tem como destaque a pista de skate e a tradicional sorveteria “do Gaúcho”, e ambos reúnem amigos e famílias no local. Chamada oficialmente de Praça do Redentor, está localizada em frente ao Cemitério Municipal e é uma ótima opção para um sorvete ou uma cervejinha em um dos bares do local.

É procedente assinalar que a informação foi facilitada pela Viaja Paraná . Foto de Portada Top 10 Curitba. Edição, Área Jornalística Oitravels.

Reservamo-nos o direito de corrigir eventuais erros de publicação deste material, Oitravels não é responsavel por material gráfico que não expresse claramente o copyright.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: