Cânion do Xingó, paraíso no Rio São Francisco

O Cânion do Xingó é parada obrigatória para os turistas que viajam para as cidades de Maceió e Aracaju. Seus paredões alaranjados, banhados pelas águas do São Francisco, são o cartão-postal da região.

Foto: Reprodução | Divulgação/FinanceOne

Localizado na divisa entre os estados de Sergipe e Alagoas, ele é considerado o maior cânion navegável do planeta! Um verdadeiro tesouro pertencente às águas do Velho Chico. Para montar um roteiro bem bacana, e descobrir o que fazer pelas redondezas do cânion, é importante que você entenda um pouco sobre esse lugar.

Na verdade, a região dos paredões era bem diferente. Após a construção da Hidrelétrica de Xingó, o volume do Velho Chico ficou retido e aumentou consideravelmente, formando o lago que passa entre o cânion.

Além do cânion, e também por conta da obra, várias cidades próximas ficaram completamente alagadas. Isso transformou completamente o estilo de vida dos moradores locais. O turismo passou a ser uma das atividades principais da região e o cânion agora faz parte de uma Área de Proteção Ambiental (APA).

O passeio tem duração de, aproximadamente, uma hora e os turistas, além de curtir as paisagens, podem mergulhar nas águas do rio. Você ficará impressionado!

Como ir ao Cânion do Xingó

Para aproveitar todas as belezas do Cânion no Rio São Francisco, você poderá escolher dois trajetos: um a partir de Aracajú, capital do Sergipe, e outro partindo de Maceió, capital do estado de Alagoas.

Confira os principais detalhes dos passeios saindo de ambas as capitais nordestinas:

  • Passeio para o Cânion do Xingó saindo de Aracaju

A distância de Aracaju ao Cânion do Xingó tem pouco mais de 200 km e o destino final é a cidade de Canindé de São Francisco, de onde saem os barcos que fazem o passeio. A partir de Aracajú, a viagem de ônibus tem duração de cerca de três horas e você poderá aproveitar o trajeto para conhecer as belezas naturais da região. Lembrando que é possível ainda fazer o percurso de carro ou de transfer, contratado em agências de viagem.

  • Passeio para o Cânion do Xingó saindo de Maceió

A distância de Maceió para Cânion do Xingó é um pouco maior, com quase 300 km. Se estiver na capital, a viagem tem duração de cerca de quatro horas até a cidade base: que nesse caso é a de Piranhas. No entanto, se você não quer ficar muitas horas dentro de um ônibus, a dica é se hospedar nas cidades próximas aos cânions, que oferecem boas opções de acomodações.

Melhor época para conhecer
Foto: Reprodução | Legacy600/Wikipédia

A verdade é que é possível fazer um passeio pelo Cânion do Xingó em qualquer época do ano, uma vez que a melhor temporada será sempre aquela que atende às suas intenções e preferências.

A melhor época para fazer o passeio pela região acontece entre os meses de junho e setembro quando as temperaturas estão mais amenas.

O verão, entre dezembro e março, é a época com maior número de turistas e os passeios, hotéis e atrações da região costumam ficar lotados. Nesse período, o calor é bem intenso. As temperaturas podem ultrapassar a marca dos 30°C.

O que fazer nos Cânions do Xingó

Paraíso do Talhado
Foto: Reprodução | Divulgação/Unplash

O Paraíso do Talhado é uma atração que faz parte do passeio pelos cânions. Durante o percurso, a vista das formações rochosas banhadas por águas esverdeadas e de tirar o fôlego!

O Catamarã para nessa região para que os turistas possam ir em barcos conhecer essa parte do cânion, que é mais estreita e só é acessada por embarcações menores.

Foto: Reprodução | Divulgação/Vida Cigana

Esse passeio dura cerca de 10 minutos. Além de percorrer fendas, que ficam ao lado do grande paredão, você poderá observar formações rochosas areníticas, que parecem ter sido talhadas à mão.

Foto: Reprodução | Divulgação/Partiu pelo Mundo

Vale muito a pena incluí-lo no seu roteiro Cânion do Xingó. Durante a parada, os turistas também podem mergulhar em uma área demarcada no rio.

Espaço Ecológico Angicos
Foto: Reprodução | Divulgação/GuiaFD

O Espaço Ecológico Angicos é uma área que está localizada às margens do Velho Chico. Para chegar ao local, é preciso pegar uma balsa na cidade de Piranhas, que custa aproximadamente R$ 50,00.

É um espaço excelente para quem pretende viajar com os pequenos, pois possui diversas atrações interativas, como o famoso skibunda, e uma área especial totalmente dedicada a eles. Além disso, um dos grandes destaques é a Grota de Angicos, que faz parte da Rota do Cangaço, e possui diversos lugares onde Lampião e seu grupo estiveram.

Grota de Angicos
Foto: Reprodução | Divulgação/Jornal de Sergipe

Além do passeio pelo Rio São Francisco, você não pode deixar de conhecer a Grota de Angicos, local que foi palco da morte de Lampião e Maria Bonita, em 1938.

Hoje em dia, a área faz parte da Rota do Cangaço e tornou-se um ponto de visitação muito conhecido na cidade de Piranhas, em Alagoas. Na Grota de Angicos, você encontrará cruzes e uma grande placa, que lembra a história dos cangaceiros vitimados.

O local fica dentro do Espaço Ecológico Angicos e para visitá-lo, você terá que fazer uma trilha de cerca de dois quilômetros, a partir do Cangaço Eco Parque. Inclusive, se preferir, há muitas agências que oferecem a Rota do Cangaço com guias que contam a história de Lampião durante toda a trilha.

Cangaço Eco Parque
Foto: Reprodução | Divulgação/Atendtour Receptivo

Além do passeio para o Cânion do Xingó, também existem excelentes opções de lazer para que os turistas possam relaxar e curtir a paisagem da região. Esse é o caso do Cangaço Eco Parque, um parque ecológico, que possui uma ótima infraestrutura com restaurante, quiosques, guarda-sóis e espreguiçadeiras.

Localizado na cidade de Poço Redondo, em Sergipe, o parque possui muitas atrações interessantes para os seus visitantes. É possível fazer passeios de catamarã pela Rota do Cangaço, passeios a cavalo e também trilhas até a Grota de Angicos e outras regiões do baixo São Francisco e Xingó.

O local conta ainda com tobogãs, paredes para escalada, rapel e uma área de recreação infantil, uma ótima opção para os turistas que viajam com crianças.

Museu de Arqueologia de Xingó
Foto: Reprodução | Divulgação/UFS

Se você gosta de conhecer a história e cultura local, o Museu de Arqueologia de Xingó (MAX), localizado na cidade de Canindé de São Francisco, precisa estar no seu roteiro de viagem.

Gerido pela tradicional Universidade Federal de Sergipe, o espaço conta com um rico acervo com cerca de 50 mil peças, obras e artefatos arqueológicos encontrados na região. A exposição apresenta peças do período pré-histórico, além de oferecer explicações das práticas utilizadas para a construção dos mais variados acessórios e instrumentos.

O local pode ser visitado de quarta a domingo, das 9h00 às 17h00. O valor do ingresso custa cerca de R$ 5,00.

Quantos dias no Cânion do Xingó

É possível fazer uma viagem bate-volta para conhecer as belezas dos cânions no Rio São Francisco. No entanto, tendo partido de Aracaju, ou de Maceió, a viagem é um pouco longa e você pode não querer perder muito tempo dentro de um ônibus.

Nesse caso, para conhecer toda a região e fazer o passeio com calma, recomendamos que você fique entre 2 e 3 dias. Dessa forma, além do passeio ao cânion, é possível conhecer outras atrações turísticas da região.

Dicas de viagem
  • Uma dica muito importante é fazer a reserva do passeio de catamarã com antecedência, principalmente se você optar por viajar na alta temporada, já que o número de turistas aumenta muito nessas épocas.
  • Se quiser um bom lugar no catamarã, chegue com meia hora de antecedência ao local do embarque, especialmente, se você viajar com crianças ou idosos.
  • Não esqueça de ir com roupas de banho, pois durante os passeios, os barcos fazem paradas para os turistas mergulharem nas águas do Velho Chico.
  • Leve protetor solar, repelente, óculos de sol, toalhas e chapéu ou boné, pois o sol é muito forte e assim poderemos evitar problemas como a insolação.
  • Você também não precisa se preocupar em levar comidas e bebidas para o passeio, pois as embarcações fazem a venda de diversos produtos.

Claro que a gastronomia nordestina não pode ficar de fora do seu roteiro Cânion do Xingó, o Restaurante Karrancas, que fica em Canindé de São Francisco, é um dos mais famosos e cobiçados da região.

Localizado às margens do São Francisco, o local serve pratos de peixes e frutos do mar, além de diversas porções e drinks deliciosos, sendo uma excelente opção antes e depois dos passeios pela região.

O Cânion do Xingó é aquela atração que não pode ficar de fora da sua lista ao viajar para as cidades de Maceió e Aracaju. É um passeio que oferece uma experiência inesquecível pelo São Francisco, o maior rio do Nordeste e um dos mais importantes do país.

É procedente assinalar que a informação foi facilitada pela Passagens Promo. Foto de Portada Divulgação/ Passagens Promo. Edição, Área Jornalística Oitravels.

Reservamo-nos o direito de corrigir eventuais erros de publicação deste material, Oitravels não é responsavel por material gráfico que não expresse claramente o copyright.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: