Águas Calientes, porta de entrada para Machu Pichu

A cidade de Águas Calientes, também conhecida como Machu Picchu Pueblo, é o destino que dá acesso ao principal cartão postal do Peru. Famoso pela paisagem exuberante, entre montanhas enormes e o rio Urubamba, o pequeno vilarejo oferece muito mais do que excelentes hotéis e belos restaurantes para o último dia antes de explorar as ruínas incas.

Foto: Reprodução | Divulgação/Dicas das Américas

Se você tem planos de pernoitar ou até mesmo passar alguns dias por lá, não deixe de conferir sobre o que fazer em Águas Calientes antes de subir para as ruínas.

1. Machu Picchu de ônibus ou a pé
Foto: Reprodução | Divulgação/Rio Rojo Cusco

Vale destacar que há duas opções para se chegar até o parque de Machu Picchu, partindo da cidade: de ônibus ou a pé. Ambas têm seus encantos e contam com cenários de tirar o fôlego!

Foto: Reprodução | Divulgação/Ingresso Machu Picchu

A primeira opção tem um trajeto de cerca de 30 minutos, passando por uma ladeira em zigue-zague que já faz o coração palpitar mais rápido, dada tamanha beleza e energia do lugar.

Foto: Reprodução | Divulgação/Machupicchu Terra

Para quem curte caminhadas, a segunda opção pode ser uma boa pedida (e mais econômica) e dura cerca de 1h30, com um percurso de trechos bem inclinados.

Enfim, escolha a sua preferência, consulte seu guia e desfrute da aventura.

2. Banhos termais em Águas Calientes
Foto: Reprodução | Divulgação/Pinterest

O nome Águas Calientes não é à toa! Afinal, a cidade conta com poços termais, que chegam a temperaturas entre 38 e 46ºC. É possível visitá-los o dia inteiro, até metade da noite (encerra às 20h) para um banho que, segundo os locais, tem propriedades medicinais.

O local de visitação fica bem próximo à praça principal de Águas Calientes, podendo ser alcançado a pé. Por lá também há uma estrutura básica de banheiros e lanchonete. Vale a pena o passeio.

3. Plaza Manco Capac
Foto: Reprodução | Divulgação/Viajei Bonito

É considerada o centro de Águas Calientes, onde se concentram os principais hotéis, restaurantes e lojinhas de artesanato andino, além de algumas construções interessantes, como a simpática igreja Virgen Del Carmen, revestida de pedras, e o famoso letreiro “Bienvenido a Machu Picchu”, ao lado das estátuas de Manco Capac e de sua esposa-irmã Mama Occlo, ambos personagens importantes do império Inca.

4. Mercado de Artesanato
Foto: Reprodução | Divulgação/Foursquare

Otra dica imperdível é visitar a graciosa feira de artesanato da cidade, que reúne o que há de mais mágico e típico na cultura peruana. Ela fica bem do lado da estação de trem (que, por sinal, também pode ser visitada e render boas fotos, especialmente dos trens chegando).

Pelas amontoadas barracas é possível encontrar desde objetos místicos de madeiras e pedras com imagens incas até peças fantásticas e coloridas da tecelagem andina. Além disso, ervas, folhas, xaropes, sementes e raízes para fins religiosos e medicinais também podem ser encontrados nas mãos dos vendedores.

5. Museu de Sítio Manuel Chávez Ballón
Foto: Reprodução | Divulgação/Boleto Machupicchu

Essa é uma das atrações um pouco desconhecidas em Águas Calientes, devido à distância. O Museu fica praticamente no início da subida dos ônibus para Machu Picchu e, por isso, é preciso sempre consultar o guia ou a agência de viagem responsável pelo seu roteiro sobre a viabilidade de encaixar o passeio.

De qualquer forma, trata-se de um lugar bem interessante, com acervo bem variado de peças e objetos de origem inca, que ajuda a contar um pouco da história da cidade sagrada, assim como de toda a região.

6. Rio Urubamba
Foto: Reprodução | Divulgação/Inca Rail

Grande protagonista das águas que recortam o Vale Sagrado dos Incas, o rio Urubamba também encanta e dá vida à cidade de Águas Calientes. É possível passear pelas margens, admirar a paisagem única com as montanhas no fundo e, para aqueles mais próximos à natureza, é possível até sentir a energia dessas correntes geladas.

Prepare a máquina, pois os cenários são belíssimos e as pequenas pontes que cruzam o rio podem render fotos incríveis.

Apesar de pequena e, muitas vezes, considerada apenas um destino de passagem dos turistas, dá para explorar bastante coisa por lá e se surpreender ainda mais com os encantos e magias do Peru.

É procedente assinalar que a informação foi facilitada pela Machu Picchu Brasil. Foto de Portada Divulgação/ Viajei Bonito. Edição, Área Jornalística Oitravels.

Reservamo-nos o direito de corrigir eventuais erros de publicação deste material, Oitravels não é responsavel por material gráfico que não expresse claramente o copyright.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: