Dez passeios para fazer em Porto de Galinhas

Porto de Galinhas é um dos destinos mais lindos do Brasil e um dos mais procurados do litoral nordestino. Isso porque há muito o que fazer por lá, tanto na própria vila de Porto de Galinhas quanto nos arredores, incluindo praias deslumbrantes e piscinas naturais de águas cristalinas.

Para quem não sabe onde fica, Porto de Galinhas é uma praia em Pernambuco, no município de Ipojuca, cerca de 60 km de Recife. Além disso, possui uma localização estratégica para quem quer conhecer as praias de Alagoas.

O que fazer em Porto de Galinhas

1. Passeio das piscinas naturais
Foto: Reprodução | Viaja que Passa/Getty Images

Sem dúvidas, a atração mais buscada em Porto de Galinhas são as piscinas naturais. Na maré baixa, é possível apreciar os incríveis recifes de corais no fundo do mar e ver os peixinhos de perto.

Para chegar lá é só pegar uma jangada no trecho central da praia, mas compre o passeio direto no guichê da Associação dos Jangadeiros para se assegurar de ir com um jangadeiro credenciado. O preço é em média R$30 por pessoa e não é necessário reservar com antecedência.

No entanto, existe a opção de fazer o passeio gratuitamente com a prefeitura de Ipojuca por meio de uma caminhada guiada que sai do Posto do Projeto Praia Legal. Porém é bom chegar cedo, pois o passeio é limitado a 200 pessoas por dia. A travessia começa cerca de 30 minutos antes do horário em que a maré atingirá seu nível mais baixo. Portanto, é importante conferir antes a tábua de marés.

2. Visitar a praia de Muro Alto
Foto: Reprodução | Casados por Aí

Muro Alto fica distante apenas 10 minutos de carro do centro de Porto de Galinhas. O local é conhecido por conter os melhores e mais sofisticados resorts da região. A praia leva esse nome por causa das falésias de 3m de altura que formam um paredão ao longe de sua extensão.

São cerca de 3km de praia com um enorme arrecife que forma piscinas naturais de águas calmas e transparentes. Você pode aproveitar para fazer passeio de jangada, snorkeling, caiaque e stand up. É uma ótima praia para relaxar e escapar do movimento de Porto de Galinhas.

3. Conhecer o Pontal do Cupe
Foto: Reprodução | TripAdvisor

Vizinha de Porto de Galinhas, a Praia do Cupe fica distante apenas 5 km da vila. Embora seja uma praia de ondas fortes, favorável à prática de surf, existem muitos trechos com barreiras de corais que acabam formando piscinas naturais durante a maré baixa.

Definitivamente, a parte mais badalada é o Pontal do Cupe, que nada mais é do que a ponta norte da praia. Uma dica é colocar no GPS o destino “Bar da Praia Pontal do Cupe”, pois é onde fica o trecho mais calmo.

Ali as ondas são menores e você consegue aproveitar o banho nas águas transparentes das piscinas naturais. Certamente é uma ótima opção para quem quer fugir da superlotação de Porto de Galinhas.

4. Ver o por do sol no Pontal de Maracaípe
Foto: Reprodução | Itinari

Se você está se perguntando onde ver o pôr do sol em Porto de Galinhas, Pontal de Maracaípe é o lugar certo! Este é um trecho da praia de Maracaípe onde as águas do rio Maracaípe encontram o mar. A luz do sol batendo na água e refletindo as sombras dos coqueiros forma uma cenário fantástico.

Como o Pontal de Maracaípe é isolado, não dá para chegar lá de carro. Você tem a opção de estacionar o carro próximo ao acesso principal da praia e ir caminhando uns 10 minutos pela areia ou então fazer o passeio de buggy.

A Praia de Maracaípe é pouco explorada e com bem menos estrutura que sua vizinha Porto de Galinhas. Além disso, o mar é agitado e mais propício para surfistas. Apesar disso, é uma praia muito bonita e que vale a pena conhecer. Uma opção legal é passar o dia lá e no final da tarde ir para o pontal.

5. Passeio de buggy de ponta a ponta
Foto: Reprodução | Luck Receptivo

Tradicional em Porto de Galinhas, o passeio de buggy de ponta a ponta passa pelas 3 principais praias da região: Muro Alto, Cupe e Maracaípe. O bugueiro para cerca de 1h em cada praia e o passeio dura aproximadamente 5 horas. Ele sai nos dois turnos do dia, mas o melhor horário é à tarde, já que a última parada é em Maracaípe onde você pode aproveitar o por do sol no pontal.

Em um roteiro apertado, você pode otimizar o que fazer em Porto de Galinhas com esse passeio. O buggy custa na média de R$300 a R$350 (varia de bugueiro para bugueiro) e pode ser compartilhado com até 4 pessoas.

6. Bate e volta para a Praia dos Carneiros
Foto: Reprodução | Zarpo Magazine

A Praia dos Carneiros foi eleita uma das 15 melhores praias do mundo pelo TripAdvisor. Com areia branquinha, mar calmo de águas claras, piscinas naturais e belos coqueiros, a Praia dos Carneiros impressiona até os mais exigentes. Mas seu cartão postal é a charmosa Capela de São Benedito, construída no século XVIII de frente para o mar, onde todo mundo quer tirar foto.

A Igreja de São Benedito não celebra missas e só abre para eventos específicos como batizados e casamentos (que podem custar uma fortuna)

Carneiros fica no município de Tamandaré, a 60 km de Porto de Galinhas. Por isso, é necessário contratar um transfer, que custa em torno de R$60. Esse valor inclui o day-use no restaurante Bora Bora, que apresenta a melhor infraestrutura do local e é ponto de apoio da maioria das agências.

Contudo, existe também o passeio completo para Carneiros que também inclui o passeio de catamarã contemplando várias paradas ao longo da praia (um deles é a igreja). Esse passeio custa em média R$100. Para quem quer aproveitar melhor o dia, é uma ótima escolha.

7. Passeio até a Ilha de Santo Aleixo
Foto: Reprodução | JK Turismos

A Ilha de Santo Aleixo é um paraíso pouco explorado situado entre Porto de Galinhas e a Praia de Carneiros. Apesar de fazer parte do município de Sirinhaém, a ilha é de propriedade particular. É a escolha perfeita para curtir um dia bem relax.

A ilha tem 30 hectares de uma superfície formada por rochas vulcânicas cobertas por uma extensa vegetação de Mata Atlântica. Além disso, a praia é de areia branca e mar de águas transparentes, logo, ideal para fazer um mergulho com snorkel.

Não deixe de fazer a trilha ecológica até chegar na Lagoa Azul, pois essa é a principal atração do local, com água quentinha, perfeita para banho. Por fim, existem vários mirantes para você admirar as paisagens incríveis da ilha de diferentes ângulos.

O passeio custa em média R$100 e inclui geralmente o transfer até a cidade, a travessia de lancha, a trilha guiada e um passeio de caiaque na lagoa. Há um ponto de apoio na praia com restaurante e guarda sois onde você pode passar o dia, mas o valor é à parte. Algumas agências podem incluir esse serviço no pacote, então consulte antes para saber.

8. Passeio até Cabo de Santo Agostinho
Foto: Reprodução | Beto Quissak/Wikipédia

Cabo de Santo Agostinho é um município da região metropolitana de Recife, considerado o local do descobrimento do Brasil. Isso porque essa foi a porção de terra avistada por um navegador espanhol alguns meses antes da chegada de Pedro Álvares Cabral.

Certamente, esta região é uma das grandes maravilhas do litoral de Pernambuco, já que possui 9 praias de águas mornas e cristalinas ao longo da costa. A mais famosa é a Praia de Calhetas, mas todas as outras tem paisagens de impressionar qualquer um!

É possível conhecer a região de carro, mas vale a pena fazer a excursão até Cabo de Santo Agostinho, pois você tem a chance de passar por várias praias da região de catamarã, fazer passeio de buggy, visitar a histórica Vila de Nazaré, tomar banho de argila e conhecer mirantes com vistas incríveis.

9. Curtir a praia de Porto de Galinhas
Foto: Reprodução | Volemos

Não tem como fazer uma viagem para Porto de Galinhas e não conhecer sua praia principal. Afinal, a praia de Porto de Galinhas é encantadora, com mar azul e água morna, bons quiosques e vários atrativos.

Por isso, reserve pelo menos 1 dia só para ela. Além das piscinas naturais, você pode aproveitar para alugar stand-up, caiaque, máscara de snorkel e até mesmo fazer um mergulho de cilindro.

10. Passear no centrinho de Porto de Galinhas
Foto: Reprodução | Viaja que Passa

A sua viagem para Porto de Galinhas só estará completa se você conhecer o centrinho da vila, especialmente à noite, que é quando há maior movimento de pessoas.

O mais legal do centrinho de Porto de Galinhas é se deparar com a grande quantidade de galinhas espalhadas por todo lugar, tanto na rua quanto como souvenir nas lojas. Aproveite para revirar as galerias e fazer comprinhas nas feiras de artesanatos. Duvido você resistir e não levar uma galinha de lembrancinha pra casa!

É procedente assinalar que a informação foi facilitada pela Larissa Arrivabene /Rotina Viajante. Foto de Portada Divulgação/ Volemos. Edição, Área Jornalística Oitravels.

Reservamo-nos o direito de corrigir eventuais erros de publicação deste material, Oitravels não é responsavel por material gráfico que não expresse claramente o copyright.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: