Seis passeios o que fazer em Santa Cruz Cabrália

Dentre os inúmeros paraísos contidos em Salvador, Bahia, está o belo município de Santa Cruz Cabrália. Localizada na chamada Costa do Descobrimento, esta cidade disputa com as localidades de Porto Seguro e Prado o título de local em que efetivamente os portugueses chegaram no Brasil.

Santa Cruz Cabrália
Foto: Reprodução | Sueds Hotels

Localizada a cerca de vinte quilômetros de Porto Seguro, Santa Cruz Cabrália é uma cidade baiana que oferece tranqüilidade, sombra e água fresca, além de uma bela aula de história devido à sua figuração ainda no início da história brasileira como a conhecemos.

É fácil chegar até a cidade, sendo possível a ida de avião até a cidade de Porto Seguro, que possui aeroporto, e de lá seguir para Santa Cruz Cabrália de carro, táxi ou Uber, em uma rápida viagem que leva cerca de vinte minutos.

Confira alguns dos atrativos de Santa Cruz Cabrália, com roteiros imperdíveis para você!

1. Praia da Coroa Vermelha
Coroa Vermelha
Foto: Reprodução | Pinterest

Uma das praias de Santa Cruz Cabrália com águas calmas e mornas, a Praia da Coroa Vermelha permite, quando das marés baixas, a formação de piscinas naturais, o que complementa de forma encantadora a vista oferecida pelo local.

Além disso, esta praia possui várias barraquinhas de feira de artesanato local. Dentre estas barracas está localizado o Museu Indígena, o no qual é possível conhecer um pouco mais das histórias dos índios pataxós, o que é possibilitado por informações históricas e exposição de artefatos indígenas.

A Praia da Coroa Vermelha também condiz a um local muito importante na história brasileira, pois é detentora do título de localidade onde foi celebrada a primeira missa católica no Brasil, o que se deu logo na chegada dos portugueses e foi celebrada por Henrique de Coimbra, bispo que acompanhava Pedro Álvares Cabral, em 26 de abril de 1500.

2. Praia de Santo André
Santo André
Foto: Reprodução | Café Viagem

Santo André é um vilarejo localizado na Ilha Paraíso, em Santa Cruz Cabrália, em que vivem cerca de oitocentas pessoas, acessível, geralmente, por passeios de escuna ou pelo uso de barcos no Rio São João da Tiba, sendo uma parada obrigatória.

Neste passeio até a localidade é possível se observar o encontro das águas marinhas com as águas do rio, além de grandes extensões de mata atlântica e de manguezais, no qual é possível ter uma parada para que os turistas realizem um banho de lama.

Esta praia se tornou conhecida nacionalmente e internacionalmente quando a seleção alemã de futebol se hospedou em um resort lá localizado em 2014, durante a Copa do Mundo de Futebol. Com águas marinhas calmas e limpas, a localidade também possui diversos restaurantes e lojas ou barracas de artesanato local.

3. Praia de Arakakaí
Praia-de-Arakakaí
Foto: Reprodução | Guia da Bahia

Localizada no centro de Santa Cruz Cabrália, esta é uma das únicas praias da região que possui ondas mais fortes, o que acaba atraindo surfistas que lá praticam surf e windsurf.

O mar possui uma coloração esverdeada muito clara, além de ser emoldurado por recifes. Quando a maré está baixa, permite a formação de lindas piscinas naturais. Também conta com estrutura de barracas que servem alimentos e bebidas à beira-mar.

4. Parque Marinho da Coroa Alta
Parque-Marinho-da-Coroa-Alta
Foto: Reprodução | Repóter Coragem

Para se chegar até o Parque Marinho da Coroa Alta, localizado em Santa Cruz Cabrália, é necessário que o turista faça uma viagem à bordo de uma escuna até alto mar, onde serão vistos muitos corais, além de ser possível se observar a vida marinha em razão da água cristalina do mar.

É neste mesmo passeio até o Parque Marinho da Coroa Alta que é possível se chegar à Ilha Paraíso, na qual está localizada a foz do Rio João de Tiba. Esta ilha é conhecida também como Ilha dos Doces, alcunha que se deve ao fato de que lá são oferecidos mais de sessenta tipos de doces típicos da região, com diversos sabores de cocada, pudins, tortas, pavês, quindins, dentre outras especiarias de dar água na boca.

Neste local é possível, ainda, se conhecer o famoso “coqueiro erótico”, que anualmente gera divertidas fotos dos turistas. Além disso, é possível se conhecer o Lamarão, praia que aparece apenas em algumas épocas do ano.

5. Igreja de Nossa Senhora da Conceição
Igreja-de-Nossa-Senhora-da-Conceição
Foto: Reprodução | Flickr

Construída no século XVII, a Igreja e Nossa Senhora da Conceição está localizada na parte alta da cidade, junto à Casa da Câmara e Cadeia, prédio do século XVIII que abrigou a primeira intendência brasileira, e as ruínas de um colégio jesuíta do século XVI.

Localizada no centro histórico da cidade, a Igreja de Nossa Senhora da Conceição, quarta mais antiga do Brasil, homenageia a santa que é considerada a padroeira da Bahia.

6. Parque Ecológico do Santuário
Parque-Ecológico-do-Santuário
Foto: Reprodução | Cabralia Bahia

Localizado na Área de Proteção Ambiental (APA), em meio à Mata Atlântica, e às margens do rio Santo Antônio, este parque ecológico contém trilhas, além de mirantes e infra-estrutura destinada ao lazer com piscinas, cachoeiras e cascatas, cabanas e restaurantes, oferecendo diversas atividades que podem ser realizadas ao longo do dia por pessoas de todas as idades, sendo ótima para a visitação de famílias com crianças.

Além disto, o Parque Ecológico do Santuário oferece passeios de chalana, jangada ou lancha no qual percorre trechos sinuosos do rio, permitindo a observação da rica natureza da região.

Ainda, oferece a realização de trilhas guiadas em meio à na Mata Atlântica, as quais têm trechos a serem percorridos de cerca de 2 km. A Trilha Tupã é a mais fácil de ser percorrida, sendo que a Trilha Tupi possui grau de dificuldade intermediário e, a trilha completa, que se dá até à chamada Casa do Tarzan é a mais dificultosa.

São percorridas em grupos de até vinte pessoas, sendo acompanhadas por um guia nativo da região que conhece bem as trilhas e a flora e fauna locais.

Apesar de este parque ainda oferece uma atividade chamada de Pesque e Solte, que é realizada em barcos com o devido acompanhamento de um marinheiro, ou, ainda, no flutuante que se localiza ao final do canal, em que são realizadas pescas de tilápia em gaiolas localizadas sob o canal do rio que, após capturadas, são devidamente devolvidas à natureza.

É procedente assinalar que a informação foi facilitada pela TransPortal. Foto de Portada Divulgação/ Sueds Hotels. Edição, Área Jornalística Oitravels.

Reservamo-nos o direito de corrigir eventuais erros de publicação deste material, Oitravels não é responsavel por material gráfico que não expresse claramente o copyright.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: