Edimburgo, a cidade mais visitada da Escócia

A capital da Escócia se destaca por ser uma cidade criativa, vibrante e amigável. Ao visitar Edimburgo, os turistas têm a sensação de estarem explorando três cidades dentro de uma, pois a região é dividida em uma área da Era Medieval, outra repleta de construções dos séculos XVIII e XIX, e uma terceira área completamente moderna e tecnológica.

Scotland-Edinburgh-Calton-Hill
Foto: Reprodução / Planet Ware

Com atrações para todos os gostos, Edimburgo ainda recebe eventos e festivais reconhecidos internacionalmente, como o Festival Internacional, que prestigia o teatro e a música.

Em qualquer época do ano, passeie pelas ruas George e Prince, repletas de lojas, para se sentir um pouco como um morador local. À noite, percorra os pubs e curta a animação desta cidade repleta de estudantes do mundo inteiro. Edimburgo consegue conquistar todos os tipos de turistas e os faz ter vontade de retornar muitas vezes.

O que fazer em Edimburgo

1. Castelo de Edimburgo

Castillo_de_Edimburgo
Foto: Reprodução / 101 Viajes

Tudo o que está no entorno do Castelo de Edimburgo remete ao passado, desde as vielas medievais até o estilo imponente das construções que fazem parte do local. Dentro do castelo há alguns museus, como o Museu da Guerra Nacional (National War Museum), que conta a história da Escócia em seus mais de 400 anos de guerra.

2. Arthur’s Seat

Arthurs Seat
Foto: Reprodução / The College View

O chamado Arthur’s Seat é um dos pontos de onde é possível ter uma das vistas mais espetaculares da cidade. Além disso, após descer do local, os turistas podem aproveitar para conhecer os jardins de Dunbar’s Close, que é capaz de encantar a todos por sua beleza.

3. Beco de Mary King

Beco de Mary King
Foto: Reprodução / Bristoleños

Trata-se de uma área antiga da cidade que permaneceu abandonada durante anos. Atualmente, o local funciona como parte de um tour temático, com atores caracterizados com roupas de época que recontam um pouco da vida e dos costumes da população do país, centenas de anos atrás.

4. Royal Botanic Garden

Real-Jardin-Botanico
Foto: Reprodução / Civitati

Quase 4% de todas as espécies de plantas já descobertas pela humanidade estão representadas nos jardins do Royal Botanic Garden, o que o torna um dos melhores e mais completos do mundo. Com uma coleção que abrange desde espécies raras de flores até plantas carnívoras pouco conhecidas, esse é um passeio que explora o lado natural de Edimburgo.

5. National Museum of Scotland

National Museum of Scotland
Foto: Reprodução / National Museum of Scotland

Esse é um museu reconhecido internacionalmente, com expsições de obras de arte de diversos períodos históricos. O local possui ainda um espaço imperdível, o “Dolly the Sheep”, onde é possível conhecer e entender melhor sobre como foi feito o primeiro clone animal bem-sucedido do planeta.

O que comer em Edimburgo

Para provar o que existe de melhor da culinária escocesa, restaurantes como o Angels with Bagpipes e o Aizle são excelentes alternativas. Além disso, a cidade também possui ótimos estabelecimentos especializados na culinária indiana, como o Navadhanya e o Gurkha Café.

Quando visitar Edimburgo

O verão é a época perfeita para visitar a cidade, especialmente o mês de agosto, para aqueles que têm interesse de conhecer o Festival Internacional de Edimburgo. Por outro lado, para fugir das grandes aglomerações, os meses de maio e junho são os mais indicados, pois oferecem um clima fresco e muitos dias de sol.

Como chegar em Edimburgo
Waverley_Station
Foto: Reprodução / Wikimedia Commons

Avião: Saindo do Brasil, é possível voar até o Aeroporto de Edimburgo após fazer uma escala em alguma cidade europeia como Londres ou Paris. O aeroporto fica a cerca de 16 km de distância da cidade, e esse trecho pode ser feito de trem, pelo custo de GBP 5,50.

Trem: Para quem chega de trem de Londres ou Glasgow, é muito provável que ele pare na Edinburgh Waverley, uma das estações mais bonitas da Europa. Trens de Glasgow chegam em Edimburgo a cada 15 minutos, enquanto os de Londres passam a cada hora.

Carro: Para quem está vindo de carro do sul, a melhor rodovia é a A1, que é a principal por todo o caminho entre Londres e Edimburgo e reserva paisagens muito bonitas. Entre Glasgow e Edimburgo, por sua vez, a melhor opção é a M9, que passa por cidades do norte da Escócia, como Inverness e St Andrews.

Ônibus: As companhias de ônibus que interligam Edimburgo com outras cidades são a National Express e a Megabus, ambas com paradas na estação de ônibus da Elder Street.

Bairros populares em Edimburgo
Royal Mile
Foto: Reprodução / Bristoleños

Patrimônio mundial da UNESCO, a região de Old Town é onde se concentram boa parte das atrações históricas. Por isso, é a melhor alternativa para aqueles que querem fazer quase tudo a pé ou de bicicleta.

Essa parte da cidade é formada por construções dos séculos 18 e 19, sendo ainda onde se encontram centros de compras famosos na cidade e pontos turísticos, como a National Gallery.

Edimburgo Port
Foto: Reprodução / Stantec

É a área do porto de Edimburgo, formada por uma paisagem natural muito bonita e uma atmosfera vibrante, com diversos pubs e restaurantes.

É procedente assinalar que a informação foi facilitada pela Kayak. Foto de Portada Divulgação / Culture Trip. Edição, Área Jornalística Oitravels.

Reservamo-nos o direito de corrigir eventuais erros de publicação deste material, Oitravels não é responsável por material gráfico que não expresse claramente o copyright.

InShot_20220616_111952592

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: