Dicas de “bodegones” clássicos em Buenos Aires

Normalmente, quando se pensa em comer e beber em Buenos Aires, logo vem à cabeça a carne e o vinho, mas você já ouviu falar nos bodegones portenhos?

De forma geral, um bodegón se caracteriza por ser um restaurante de bairro, com um ambiente bem típico e informal. Na maioria dos casos, são bastante antigos, contam com uma história interessante por trás, menus extensos, pratos abundantes e sem tanto refinamento.

Por trás deles, geralmente não existe uma publicidade massiva, um plano de marketing, um cozinheiro midiático ou uma estratégia de sedução nas redes sociais. Muitos deles não têm sequer site.

Lá é onde você encontra a verdadeira comida tradicional argentina!

Os portenhos consideram o bodegón um lugar ideal onde comer em Buenos Aires pela simplicidade, pelo bom preço e, principalmente, por ser um local que traduz parte do DNA da gastronomia e da história não só da cidade como também de todo país.

Os bodegones estão para os argentinos assim como os botecos ou botequins estão para os brasileiros, as cevicherias para os peruanos, as trattorias para os italianos, os bristros para os franceses, os pubs para os ingleses e as cervejarias para os alemães!

Por isso, quando estiver passeando por Buenos Aires, não deixe de conhecer a gastronomia portenha em um típico bodegón!

O que se come nos “bodegones”
Foto: Reprodução | TripAdvisor

Via de regra, comida tradicional argentina, como: as clássicas milanesas, picadas e empanadas, bife de chorizo a caballo, carnes a la parilla, massas caseiras, ossobuco com polenta, matambre arrollado con ensalada rusa, buñuelos de acelga, cazuelas, supremas, lengua a la vinagreta, almondegas de carne com arroz, dentre outros pratos típicos.

Milanesas
Foto: Reprodução | Tripadvisor

Os bodegones servem comidas tradicionais argentinas, são pratos deliciosos e lindos!

Sem falar das tradicionais sobremesas: tarantela, budín de pan, e claro, a famosa panqueca recheada de doce de leite.

Postre
Foto: Reprodução | Tripadvisor

No entanto, o cardápio dos bodegones não fica só por aí. Com a grande imigração europeia que deu identidade à cidade de Buenos Aires, algumas cantinas italianas, restaurantes espanhóis e até alemães são também considerados típicos bodegones de Buenos Aires e apresentam saborosos menus italoporteño e hispanoporteño.

Quanto custa comer em um”bodegón”

Os preços, na sua maioria, são bastante acessíveis. Na verdade, são tantas opções que você, com certeza, irá encontrar alguma que caiba no seu orçamento!

Além disso, durante a semana, muitos deles têm menus executivos no horário do almoço que inclui entrada, prato principal e sobremesa, o que deixa o preço ainda mais atraente.

A decoração dos bodegones não fica atrás na experiência, são temáticos, vintage e muito aconchegantes.

E se você ainda tiver sorte de estar em Buenos Aires na “Semana de los Bodegones”, um evento organizado anualmente, desde 2013, pelo Ministério de Cultura da Capital Federal, poderá aproveitar os preços incrivelmente baratos dos menus elaborados especialmente para a ocasião.

Dicas de “bodegones” clássicos

Alguns bodegones são mais clássicos que outros, a lista é bem extensa, mas quatro vão ser destacadas:

1. El Imparcial
Foto: Reprodução | El Imparcial
Foto: Reprodução | El Imparcial

O restaurante mais antigo da cidade e que segue em funcionamento. Existe desde 1860 no bairro Monserrat. Até os garçons que trabalham lá têm história pra contar! Uma bela mistura da gastronomia argentina e espanhola.

2. Il Sorpasso
Foto: Reprodução | Il Sorpasso

Uma junção de bodegón portenho com trattoria italiana no bairro de San Telmo. Massas caseiras deliciosas e um ambiente bem pitoresco.

3. El Obrero
El
Foto: Reprodução | El Obrero
El Obrero
Foto: Reprodução | El Obrero

O restaurante funciona desde 1954 no bairro La Boca. Ele tem um ambiente bem típico de um bodegón portenho, carne boa e barata e tem uma decoração futebolística.

4. El Puentecito
Foto: Reprodução | Tripadvisor
Foto: Reprodução | Tripadvisor

Existe desde 1750 como um armazém, mas começou a funcionar como bodegón em 1873. Funciona 24hs e o seu lema é “Puentecito no duerme”.

Ao escolher onde comer e beber em Buenos Aires, coloque na sua lista um bodegón. Porque lá não é simplesmente sair para comer, é experimentar algumas horas da autêntica vida e cultura portenha!

É procedente assinalar que a informação foi facilitada pela Natacha Jonov/Up to Travl. Foto de Portada Divulgação / TripAdvisor. Edição, Área Jornalística Oitravels.

Reservamo-nos o direito de corrigir eventuais erros de publicação deste material, Oitravels não é responsável por material gráfico que não expresse claramente o copyright.

InShot_20220706_100152169

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: